Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Metade das pessoas no mundo têm gastrite; saiba os sintomas

A gastrite pode apresentar a forma silenciosa ou sintomática, que inclui grandes desconfortos. Saiba identificar os sintomas

Metade das pessoas no mundo têm gastrite; saiba os sintomas
Metade das pessoas no mundo têm gastrite; saiba os sintomas - Foto: Shutterstock

A bactéria Helicobacter pylori (H. pylori) é responsável por causar a gastrie, condição que afeta 50% da população mundial, de acordo com a OMS. O paciente pode ter a forma sintomática ou não apresentar nenhum sintoma. No entanto, quem sente os sinais da gastrite sofre com grandes desconfortos, como queimação e dor intensa. O quadro é resultado de uma inflamação do revestimento interno do estômago, explica o Dr. Eric Pereira, gastroenterologista do Hospital e Clínica São Gonçalo (HCSG).

Segundo o médico, há duas classificações para a gastrite:

  • Aguda: quando aparece por algum motivo específico; ou
  • Crônica: quando é frequente e precisa de um tratamento contínuo para controle.

O Dr. Eric destaca que uma causa comum para gastrite é o uso de anti-inflamatórios e aspirinas. Mas, em alguns casos, não é tão fácil identificar o motivo. Ele lembra também que é mito que ansiedade causa gastrite. “Isso porque a ansiedade pode causar sintomas que a simulam, como a dispepsia funcional. Nesse caso, só é possível confirmar após a realização de todos os exames necessários”, afirma.

Sintomas e diagnóstico da gastrite

Entre os sintomas mais comuns, o gastroenterologista aponta:

  • Azia;
  • Dores de estômago intensa;
  • Indigestão;
  • Sensação de estômago cheio após as refeições;
  • Perda de apetite.

Para chegar ao diagnóstico, o médico explica que o primeiro passo é ouvir a história detalhada do paciente na consulta, avaliando se os sintomas são atribuídos realmente à gastrite ou a outras doenças. “Questionamos se o paciente fez uso recente de medicamentos, se tem passado cirúrgico e sinais de alarme. Para confirmar a gastrite, o principal exame é a endoscopia, que permite o diagnóstico e a coleta de biópsia”, explica.

Tratamento e prevenção

Para o tratamento, o médico explica que é preciso a prescrição de medicação para diminuir a produção de ácido no estômago, além de medidas dietéticas. “Se for encontrada a bactéria (H. pylori) e houver indicação do tratamento, é prescrito um kit com antibióticos”, complementa o Dr. Eric.
O médico lembra ainda que a alimentação conta muito para evitar a doença. Portanto, é importante evitar o consumo de alimentos gordurosos, condimentados, bebidas alcoólicas, além de cigarro e demais drogas, pois eles também podem gerar sintomas.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse