Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Nutrólogo aponta os benefícios da proteína isolada da soja

A proteína isolada da soja auxilia no emagrecimento, na saúde metabólica e intestinal e traz ainda outros benefícios à saúde

Nutrólogo aponta os benefícios da proteína isolada da soja
Nutrólogo aponta os benefícios da proteína isolada da soja - Foto: Shutterstock

Por muito tempo, a proteína isolada da soja foi vista com certa desconfiança. Isso porque haviam muitas dúvidas quanto à sua segurança e também em relação aos benefícios que poderia oferecer à saúde. No entanto, diversos estudos clínicos foram publicados recentemente, acabando de vez com essas inquietações.

O médico nutrólogo e especialista em obesidade, Nataniel Viuniski, aponta os principais benefícios do alimento. Confira: 

A proteína isolada da soja tem alto valor biológico

Ela é a única proteína vegetal que possui todos os aminoácidos essenciais. Ou seja, aqueles que precisam ser consumidos pela alimentação para atuarem na formação e manutenção da massa muscular e em outras funções do organismo. 

Portanto, é a única proteína vegetal considerada de alto valor biológico, assim pode ser comparada com as proteínas lácteas (caseína e whey protein) e a do ovo (albumina) quanto à sua digestibilidade e valor nutricional.

A forma isolada é a mais pura, com no mínimo 90% de proteína, e uma mínima quantidade de carboidratos, gorduras e outros componentes que poderiam atrapalhar a sua absorção. “Por isso, é um alimento muito bem digerido e absorvido pelo organismo”, afirma Nataniel.

O alimento reduz o colesterol “ruim”

Por ser de origem vegetal, a proteína isolada da soja é naturalmente isenta de gordura animal, ou seja, colesterol. Dessa maneira, estudos mostram que ela pode contribuir para reduzir o colesterol total, o LDL (colesterol “ruim”) e os níveis de triglicérides.

“Essa proteína vegetal também melhora a sensibilidade à insulina (hormônio responsável por regular o açúcar no sangue), contribuindo para a saúde metabólica”, afirma o nutrólogo.

A proteína isolada ajuda a emagrecer

Assim como outras proteínas de alta qualidade, a proteína isolada da soja contribui para deixar a pessoa saciada por mais tempo, um fator importante nas dietas para emagrecimento. Não é à toa que os shakes nutritivos, indicados para o controle de peso,  trazem essa proteína em sua composição. 

“Estudos mostram ainda que, nas dietas ricas em proteína, ela favorece a redução de peso, a preservação da massa muscular e a maior perda de gordura abdominal quando comparada à proteína animal. Entre os diversos fatores, também pelo fato de regular melhor a insulina”, explica Viuniski.

Fortalece a saúde do intestino — e a imunidade

Segundo o médico nutrólogo, pesquisas recentes mostram que ela oferece benefícios para a microbiota intestinal ao aumentar a quantidade de bactérias do “bem” importantes para a saúde do intestino. 

Isso porque ela participa no metabolismo dos ácidos graxos de cadeia curta que contribuem para manter a integridade da barreira desse órgão, dificultando a absorção de toxinas que causam doenças e promovendo um aumento da imunidade.

Não tem contraindicações

Tanto as crianças quanto os adultos de ambos os sexos podem consumir a proteína isolada, afirma o nutrólogo. “Várias fórmulas infantis incluem a proteína isolada da soja como ingrediente. Além disso, os países mais populosos do mundo (China, Índia e Japão) são os maiores consumidores desse alimento – fato que reforça muito sobre segurança em relação à fertilidade e à sexualidade”, aponta.

A proteína isolada da soja é mais sustentável do que a proteína animal

Enquanto a produção de um quilo de proteína isolada da soja gera 2,4 kg de dióxido de carbono (CO2) ao meio ambiente, a mesma quantidade de carne bovina produz 178 kg, aponta o médico. 

Ao analisar o consumo de água, a história é a mesma: são necessários 1.600 litros para se obter um quilo de carne de porco ou de vaca contra apenas 38 litros de água para produzir a mesma quantia de proteína isolada da soja.

Advertisement

Você também vai gostar

Beleza

O inverno exige mais cuidados com a pele por conta do clima seco e das temperaturas baixas, que causam ressecamento

Alimentação

Nada melhor do que um bom chá para esquentar o corpo e fortalecer a saúde neste inverno. Confira algumas opções

Doenças

As doenças respiratórias estão entre as enfermidades mais comuns durante o inverno. Entenda quais as doenças mais frequentes e como prevenir

Notícias

Estudo mostrou que 88% das pessoas de todo o mundo têm menos vitamina D no corpo do que o recomendado, o que causa diversos...