Connect with us

O que você está procurando?

Dor

Ortopedista dá 5 dicas para prevenir dores nas articulações

Dores nas articulações limitam as atividades diárias, causam problemas emocionais e afetam a qualidade de vida. Veja como preveni-las

Dores nas articulações limitam as atividades diárias, causam problemas emocionais e afetam a qualidade de vida. Veja como preveni-las
Dores nas articulações limitam as atividades diárias, causam problemas emocionais e afetam a qualidade de vida. Veja como preveni-las - Foto: Shutterstock

A dor afeta significativamente a qualidade de vida do seu portador, limitando atividades diárias, atrapalhando a mobilidade, sono e acarretando os mais diversos aspectos emocionais. Quando atingem as articulações, como é o caso da artrite, esses desconfortos podem ser ainda mais limitantes. Dores articulares, como artrite, restringem movimentos, gerando desconforto constante e interferindo nas tarefas cotidianas. 

A limitação funcional reduz a independência e o desempenho, causando ansiedade e isolamento social. O tratamento adequado – incluindo exercícios, medicação e terapias – é essencial para aliviar dores. No entanto, a prevenção ainda é um dos principais cuidados para manter a saúde diante de condições que causam dor, afirma o médico ortopedista e especialista em tratamentos de dor, Dr. Luiz Felipe Carvalho.

“A prevenção das dores nas articulações é fundamental para preservar a saúde e qualidade de vida e, mesmo que haja predisposição ou condições anteriores, os cuidados preventivos têm um grande impacto positivo”, destaca.

Como surge a dor?

De acordo com o médico, a dor pode surgir de inúmeros fatores, mas ela sempre está ligada a aspectos físicos, lesões, doenças ou outras condições, e mentais, a percepção da dor. “Ambos podem ser modulados pelos tratamentos disponíveis ou prevenidos com alguns cuidados específicos”, afirma o especialista.

5 dicas para prevenir dores nas articulações

O ortopedista dá cinco conselhos para prevenir dores e demais desconfortos nas articulações, garantindo qualidade de vida. Confira:

1 – Exercícios físicos regulares. “Pratique atividades físicas de baixo impacto para fortalecer músculos da região das articulações, como natação ou caminhadas,isso ajuda a fornecer um maior suporte a local”, orienta o médico.

2 – Boa postura. “Ao sentar, levantar ou carregar pesos, busque manter uma postura adequada para reduzir a pressão nas articulações, especialmente da coluna e joelhos”, afirma Luiz Felipe.

3 – Evite movimentos repetitivos. “Movimentos repetitivos, como digitar, costurar, escrever, etc., podem gerar lesões. Por isso, faça pausas e alterne atividades para evitar o desgaste excessivo das articulações”, recomenda o ortopedista.

4 – Proteção em atividades físicas. “Use equipamentos de proteção, como joelheiras e cotoveleiras, ao praticar esportes que possam causar impacto nas articulações”, diz o médico.

5 – Consulte um profissional. “Realizar um bom acompanhamento e check-ups periódicos, principalmente quando possui condições preexistentes, permite tratar as dores desde o princípio e evitar que elas evoluam”, destaca o Dr. Luiz Felipe Carvalho.

Advertisement

Você também vai gostar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse

Fitness

Especialista em fisiologia do exercício aponta as principais diferenças entre crossfit, musculação, treino funcional e calistenia

Emagrecer

Diversos fatores levam ao ganho de peso. Conhecê-los é fundamental para conseguir emagrecer definitivamente

Dor

Diversos sintomas podem atingir o joelho, uma articulação naturalmente sobrecarregada. Entenda se os “estalos” exigem atenção