Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Páscoa: chocolate causa espinhas? Dermatologista explica

Muitas pessoas têm medo de aproveitar a Páscoa como gostariam por conta do surgimento de espinhas. Mas será que o chocolate é mesmo culpado?

Páscoa: chocolate causa espinhas? Dermatologista explica
Páscoa: chocolate causa espinhas? Dermatologista explica - Foto: Shutterstock

Com a chegada da Páscoa, é comum o aumento do consumo de chocolate, principalmente dos famosos ovos de páscoa. Contudo, isso reacende a dúvida sobre os impactos desse tipo de consumo na saúde da pele, especialmente sobre o surgimento das temidas espinhas.

O risco de espinhas

De acordo com a médica pós graduada еm dеrmatologia, Dra. Nicolly Machado, o consumo excessivo de chocolates pode prejudicar a saúde da pele a longo prazo.

“Comer um ovo da páscoa não vai causar mais espinhas ou acne na sua pele, mas se o consumo de chocolate for uma constante na sua vida, de forma excessiva, ele pode gerar uma série de problemas para a sua pele”, alerta a especialista.

Isso ocorre porque o aumento do índice glicêmico devido à quantidade de açúcar no chocolate eleva a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, o que facilita o surgimento de acne e espinhas.

No entanto, o chocolate não é o único responsável. Afinal, as espinhas podem surgir também por excesso de doces, derivados de leite e alimentos muito gordurosos, indica a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

Chocolate também pode trazer benefícios à pele

Vale destacar que o chocolate não é apenas um vilão, já que ele também pode gerar benefícios à sua pele. É claro, a depender da quantidade que você consome, explica Dra. Nicolly Machado.

“Os antioxidantes presentes no chocolate, como os flavonoides, ajudam a proteger a pele dos danos causados pelos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e até mesmo melhorando a hidratação e a elasticidade da pele”, afirma a especialista.

Portanto, para aproveitar os benefícios do chocolate sem prejudicar a pele, é importante consumi-lo com moderação. 

“Opte por chocolates com alto teor de cacau e evite os excessivamente açucarados. Além disso, mantenha uma rotina de cuidados com a pele, incluindo limpeza diária, hidratação e proteção solar, que vão ajudar a minimizar esse tipo de impacto na pele”, recomenda a Dra. Nicolly.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Entenda como uma dieta bem elaborada pode auxiliar o descanso adequado e a recuperação do seu organismo

Notícias

O método Roma IV é a principal forma de identificar constipação em crianças, mas pesquisadores apontam forma mais eficiente

Saúde Mental

Profissional aponta as cinco feridas emocionais mais comuns e sugere formas de lidar com as consequências na vida adulta

Notícias

Neurocientista revela que beijamos muito mais com o cérebro do que com a boca. Entenda o que acontece durante o beijo