Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Bucal

Páscoa: veja como cuidar da saúde bucal em meio a tanto chocolate

O acúmulo de açúcar proveniente dos chocolates é um verdadeiro risco para a saúde bucal e os dentes. Veja como prevenir problemas

Páscoa: veja como cuidar da saúde bucal em meio a tanto chocolate
Páscoa: veja como cuidar da saúde bucal em meio a tanto chocolate - Foto: Shutterstock

A poucos dias da Páscoa, o consumo de chocolates cresce por toda parte. Seja em formato de ovos, barras, trufas ou bombons, esta é a época do ano em que os doces à base de cacau fazem absoluto sucesso. No entanto, é preciso se manter atento em relação à saúde bucal.

Isso porque, de acordo com a Dra. Ilana Marques, odontopediatra da IGM odontopediatria, o período da Páscoa pode ser delicado para a saúde bucal devido ao aumento do consumo de chocolates e outros doces, que são ricos em açúcar

Impacto do açúcar nos dentes

“O açúcar presente nos chocolates pode contribuir para diversos problemas dentários, incluindo lesões de cárie, erosão do esmalte dentário e aumento do risco de desenvolvimento de doenças periodontais”, alerta a especialista.

A odontopediatra aponta algumas maneiras pelas quais o açúcar dos chocolates pode danificar os dentes:

  • Lesões de cárie dentária: As bactérias presentes na boca se alimentam do açúcar dos alimentos, produzindo ácidos que atacam o esmalte dos dentes. Com o tempo, essa exposição repetida ao açúcar e aos ácidos pode levar à formação de lesões de cárie dentária; 
  • Erosão do esmalte: O açúcar dos chocolates pode contribuir para a erosão do esmalte dentário, especialmente quando combinado com ácidos presentes em outros alimentos ou bebidas. A erosão do esmalte pode deixar os dentes mais sensíveis e aumentar o risco de cáries;
  • Acúmulo de placa bacteriana: O consumo frequente de alimentos açucarados, como chocolates, por exemplo, pode aumentar o acúmulo de placa bacteriana nos dentes, o que pode levar à inflamação das gengivas e ao desenvolvimento de doenças periodontais.

Isso significa que é melhor evitar o chocolate?

Os chocólatras podem ficar tranquilos, pois não é necessário evitar os chocolates pensando na saúde bucal. O ideal, na verdade, é minimizar os danos aos dentes durante o período da Páscoa.

“É importante fazer uma combinação inteligente dos alimentos, praticar uma boa higiene bucal, incluindo escovação dos dentes após as refeições, usar fio dental diariamente e limitar o consumo de alimentos e bebidas açucaradas”, recomenda a especialista. 

Além disso, Ilana aponta que é recomendável consumir chocolates e outros doces como parte de uma refeição. Isto é, em vez de fazer lanches ao longo do dia, para reduzir a exposição dos dentes ao açúcar.

Cuidados com a saúde bucal durante  Páscoa

Para evitar problemas de saúde bucal durante a Páscoa, é importante seguir algumas medidas preventivas, conforme aponta a especialista:

  • Escovação adequada: Certifique-se de escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, preferencialmente após consumir chocolates, para remover resíduos de açúcar e evitar a formação de cáries.
  • Uso do fio dental: Utilize o fio dental diariamente para remover os resíduos de alimentos que podem ficar presos entre os dentes e contribuir para o desenvolvimento de cáries e doenças gengivais.
  • Usar alimentos neutralizadores como queijos, castanhas e pipoca de sal, após o consumo dos chocolates. 
  • Consumo moderado: Tente limitar a quantidade de chocolates consumidos e opte por versões com menor teor de açúcar sempre que possível.
  • Enxágue bucal: Após consumir chocolates, fazer um enxágue bucal com água pode ajudar a remover os resíduos e neutralizar os ácidos presentes na boca.
  • Visite o dentista regularmente: Agende consultas regulares com o dentista para realizar limpezas profissionais e avaliações da saúde bucal, garantindo assim a detecção precoce de qualquer problema.

“Seguindo esses cuidados, é possível desfrutar dos prazeres da Páscoa sem comprometer a saúde bucal”, destaca a profissional.

No caso das crianças

Muitas vezes, os mais atingidos por problemas de saúde bucal, e mais aficionados por chocolate durante a Páscoa, são as crianças. Para proteger os pequenos durante este período é possível adotar uma série de medidas. Aqui estão algumas dicas da odontopediatra:

  • Moderação: Estabeleça limites razoáveis para o consumo de doces, incluindo chocolates, durante a Páscoa. Explique aos seus filhos a importância de não exagerar e equilibrar o consumo de doces com alimentos saudáveis.
  • Escolha opções mais saudáveis: Procure alternativas de chocolates com menor teor de açúcar ou até mesmo opções sem açúcar. Você também pode considerar substituir parte dos doces por lanches mais saudáveis, como frutas frescas.
  • Higiene bucal: Reforce a importância da escovação dos dentes após o consumo de doces, especialmente os açucarados. Certifique-se de que as crianças estejam escovando os dentes pelo menos duas vezes ao dia e usando fio dental regularmente.
  • Horário dos doces: Tente limitar o consumo de doces a determinados momentos do dia, como após as refeições, em vez de permitir que as crianças comam doces ao longo do dia.
  • Incentive o consumo de água: Ofereça água regularmente para ajudar a lavar os resíduos de açúcar da boca e evitar a formação de cáries.
  • Acompanhamento odontológico: Mantenha as consultas regulares ao dentista para exames preventivos e limpezas. O dentista pode fornecer orientações específicas para a saúde bucal das crianças e recomendar tratamentos preventivos, se necessário.
Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Entenda como uma dieta bem elaborada pode auxiliar o descanso adequado e a recuperação do seu organismo

Notícias

O método Roma IV é a principal forma de identificar constipação em crianças, mas pesquisadores apontam forma mais eficiente

Saúde Mental

Profissional aponta as cinco feridas emocionais mais comuns e sugere formas de lidar com as consequências na vida adulta

Notícias

Neurocientista revela que beijamos muito mais com o cérebro do que com a boca. Entenda o que acontece durante o beijo