Connect with us

O que você está procurando?

Beleza

Pele oleosa no verão: 5 dicas de cuidado durante o calor

Especialistas revelam 5 segredos para lidar com a pele oleosa mesmo durante a estação mais quente do ano

Pele oleosa no verão: 5 dicas de cuidado durante o calor
Pele oleosa no verão: 5 dicas de cuidado durante o calor - Foto: Shutterstock

A pele oleosa é a que mais predomina entre os brasileiros, e também a que mais sofre no verão. Produção excessiva de sebo, aspecto brilhante, poros dilatados e predisposição ao surgimento de cravos e espinhas se tornam ainda mais incômodos durante a estação mais quente do ano. Isso porque as altas temperaturas tendem a estimular a produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas. 

No entanto, é perfeitamente possível enfrentar o calor do verão sem sofrer com os problemas da pele oleosa. Para te ajudar, especialistas listaram seis dicas que podem ser úteis durante a estação. Confira:

1) Não exagere na limpeza de pele

Especialmente no verão, é tentador higienizar a pele diversas vezes ao dia para remover a oleosidade. No entanto, o hábito pode ter efeito contrário. “O uso exagerado de produtos para limpar a oleosidade pode causar ressecamento e remover o manto lipídico da epiderme, que funciona como barreira protetora. Então, para se proteger, a pele deve produzir essa barreira novamente, gerando assim um efeito rebote de aumento da produção de sebo”, alerta a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

2) Invista na hidratação

Ao contrário do que muitos acreditam, a pele oleosa precisa sim de hidratação. Aliás, o uso diário de um hidratante é indispensável para evitar o efeito rebote e manter a oleosidade sob controle. A dermatologista Dra. Paola explica que oleosidade é diferente de hidratação. “Enquanto a primeira se refere ao excesso de sebo, a segunda trata da quantidade de água na pele”, afirma. 

No entanto, vale ressaltar que quem possui pele oleosa deve optar por produtos específicos para evitar sensação de pele pegajosa e o surgimento de cravos e espinhas. 

3) Coma bem

A dieta possui impacto direto na pele como um todo, inclusive na produção da oleosidade. “Uma dieta desequilibrada desequilibra o organismo, aumentando o perfil inflamatório também da pele, o que geralmente resulta em maior estímulo das glândulas sebáceas”, explica a Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

4) Além da pele, cuide também da barba

Homens, de maneira geral, tendem a possuir a pele mais oleosa que as mulheres. Aqueles que cultivam barbas longas e volumosas podem sofrer ainda mais com o problema, deixando os fios também oleosos. Por isso, cuidar da barba é fundamental para manter a oleosidade sob controle. 

“O cuidado com a barba começa na higiene adequada. Manter a barba limpa ajuda no controle da oleosidade da pele, além de remover as impurezas acumuladas ao longo do dia, como suor, poeira, poluição, restos de alimentos e cosméticos. Após a lavagem, é importante secar a região, evitando assim a proliferação de fungos. Além da higiene, o pelo da barba também necessita de hidratação, que deve ser realizada em seguida com produtos específicos”, explica a Dra. Jaqueline Zmijevski, dermatologista pela SBD e membro da Associação Brasileira de Medicina Estética.

5) Aposte em um primer para preparar a pele para a maquiagem

Pele oleosa e maquiagem são uma combinação desastrosa, principalmente no verão. Ainda assim, é perfeitamente possível evitar que a maquiagem derreta. “Uma dica interessante é complementar a rotina skincare com um primer, que estabiliza a oleosidade da pele, deixando-a menos brilhosa e com toque mais seco, o que faz com que a maquiagem dure mais”, afirma a Dra. Paola.

“É interessante também optar por maquiagens com textura leve formuladas com ingredientes não oleosos. Evite ainda as maquiagens líquidas de alta cobertura, que tendem a derreter mais facilmente e favorecem a obstrução dos poros”, aconselha a médica.

toxina botulínica, por exemplo, mas a indicação pode ser outra, como um bioestimulador de colágeno. Consulte um médico”, finaliza a Dra. Cláudia Merlo, médica especialista em Cosmetologia pelo Instituto BWS.

Advertisement

Você também vai gostar

Sem categoria

O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Entenda a importância do diagnóstico precoce

Saúde Bucal

A cárie oculta costuma surgir em locais onde a escova de dentes e o fio dental não alcançam. Veja como identificar o problema

Beleza

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais feitas no Brasil, mas ainda é cercada de muitos mitos e tabus

Dor

Ortopedista aponta que a dor pode surgir no quadril sem percebermos, e irradiar para o joelho, causando bastante desconforto