Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Bucal

Saúde bucal: saiba como evitar doenças e ter um sorriso bonito

No Dia Mundial da Saúde Oral, especialistas explicam como afastar os problemas de saúde bucal e ainda conquistar um sorriso bonito

Saúde bucal: saiba como evitar doenças e ter um sorriso bonito
Saúde bucal: saiba como evitar doenças e ter um sorriso bonito - Foto: Shutterstock

Hoje (20/03) celebramos o Dia Mundial da Saúde Oral, data criada em 2007 pela World Dental Federation (FDI). A campanha tem os objetivos de aumentar a conscientização da população, além de incentivar compromissos e ações para promover a boa saúde bucal. Para 2023, o tema é “Tenha orgulho de sua boca: valorize e cuide da saúde oral”.

Segundo a Dra. Gabriela Nicolellis, cirurgiã dentista e diretora da Clínica Gen, existem  coisas básicas que todos devem fazer para manter os dentes saudáveis e, por consequência, mais bonitos: 

  • Escovar os dentes com frequência e de maneira correta;
  • Usar fio dental e escova interdental;
  • Fazer visitas frequentes ao dentista para realizar diagnóstico da saúde bucal. 

Além disso, a  limpeza nos dentes também é fundamental para manter os dentes saudáveis e bonitos e deve ser feita sempre que necessário, acrescenta a profissional. “Tudo isso pode fazer com que se preserve a saúde e beleza dos dentes”, destaca Gabriela. Ela reforça a importância de procurar um cirurgião dentista de confiança para que ele oriente e esclareça todas as características importantes do sorriso.

O Dr. Hugo Lewgoy, cirurgião-dentista e doutor em Odontologia pela USP ressalta que é fundamental consultar um dentista com regularidade. Isso porque ele é o profissional indicado para realizar uma avaliação do estado da saúde bucal e da qualidade dos dentes, indicando assim os cuidados mais adequados para que você consiga conquistar um sorriso mais bonito.

Impacto no organismo

Vale destacar que os cuidados com a saúde bucal não ajudam apenas a manter os dentes bonitos e a prevenir doenças orais, como a gengivite e a periodontite. Na verdade, eles contribuem para a saúde do organismo como um todo. 

“Isso porque gengivas inflamadas e problemas periodontais podem provocar a liberação de mediadores inflamatórios na corrente sanguínea, causando uma série de danos. Por exemplo, podem se alojar em lesões pré-existentes nas artérias do corpo e acelerar a formação de placas que colocam em risco a saúde cardiovascular”, explica o Dr. Hugo. 

Além disso, a doença gengival também tem impacto negativo no controle da glicemia. A consequência é uma maior chance de desenvolver diabetes, alerta o especialista. 

Cuidados com a saúde bucal

Manter a saúde oral em dia é mais simples do que parece. Para ajudar, o Dr. Hugo listou 8 cuidados para fazer durante a rotina de higiene da cavidade oral. Confira:

Realize a escovação com uma escova adequada

O principal passo para manutenção da saúde oral é a escovação regular, que deve ser realizada duas vezes ao dia. Mas é importante realizar essa etapa com uma escova ultramacia, já que escovas com cerdas duras podem desgastar o esmalte de seus dentes e provocar retração gengival. 

“Além disso, a escova também deve possuir uma grande quantidade de cerdas, pois, quanto mais cerdas, maior é a eficácia da escovação e menor é o acúmulo de placa bacteriana no dente”, alerta o cirurgião-dentista. 

Aposte em um creme dental de baixa abrasividade

Para potencializar a escovação, o uso de um creme dental é indispensável. Mas, assim como com as escovas, é preciso ficar atento às características dos produtos utilizados. Isso porque, segundo o Dr. Hugo, a grande maioria dos cremes dentais possuem ação abrasiva, o que, em excesso, também pode contribuir para o desgaste do esmalte dos dentes e a retração da gengiva. 

Não se esqueça do fio dental e da escova interdental

Apenas a escovação não é suficiente para higienização efetiva da cavidade oral. Por isso, aposte também no uso do fio dental e de uma escova interdental “Enquanto o fio dental auxilia na remoção de detritos alimentares e pontos de contato muito apertados, a escova interdental realiza a desorganização da placa bacteriana nas irregularidades e depressões interdentais que o fio dental não consegue higienizar”, destaca o médico.

Higienize a língua

Apesar de não estar diretamente relacionada à aparência dos dentes, a higienização da língua é fundamental para manter a saúde oral em dia. A prática evita o mau hálito e o desenvolvimento de microrganismos que também podem ser nocivos para a dentição.

Desestresse

Além da higienização da boca, é fundamental também que você cuide da saúde de seu organismo como um todo. Isso porque alguns fatores, como o estresse, podem afetar diretamente a saúde bucal. “Em momentos de estresse produzimos altas quantidades de hormônios como hidrocortisona, cortisol e adrenalina, substâncias que desencadeiam um efeito pró-inflamatório no organismo, o que favorece o surgimento de inflamações e infecções, incluindo doenças periodontais”, afirma o Dr. Hugo. 

“Além disso, quando estamos estressados aumentamos a prática de hábitos negativos, como a má higiene oral, o que somado a vulnerabilidade do organismo pode favorecer o surgimento de doenças como cáries, gengivite e halitose”, alerta. Por isso, invista em cuidados que visem a redução do estresse, como meditar, praticar exercícios físicos diariamente, dormir bem e manter contato com pessoas da família e amigos.

Alimente-se corretamente

Outro cuidado importante para conquistar um sorriso bonito é a adoção de uma alimentação balanceada e livre principalmente de açúcar, que é um dos principais vilões da saúde bucal. Afinal, ele favorece o aparecimento de cáries, gengivite, halitose e outras doenças periodontais. “O recomendado então é limitar o consumo de açúcar, ingerindo, no máximo, uma colher de sopa do ingrediente por dia”, aconselha o especialista. 

“Além disso, verifique nos rótulos dos produtos se existe algum tipo de açúcar escondido, limite a frequência dos lanches entre as refeições, substitua os refrigerantes por água e evite alimentos açucarados pegajosos, como chicletes e balas, que podem deixar resíduos nos dentes e favorecer o aparecimento das doenças orais”, completa.

Outros alertas sobre saúde bucal

A Dra. Gabriela Nicolellis recomenda ainda evitar cigarros, inclusive os eletrônicos, pois eles deixam os dentes amarelados e manchados. Além disso, comprometem a saúde das gengivas. Também é importante evitar uma alimentação ácida e ficar atento aos hábitos parafuncionais, como o bruxismo.

A cirurgiã complementa ainda alertando sobre os riscos de realizar tratamentos caseiros sem orientação profissional. Ela indica, por exemplo, para não fazer o uso indiscriminado de pastas e pó de carvão ativado, além de outros dentifrícios e receitas milagrosas que existem na internet.

“Muitas pessoas a fim de deixarem os dentes brancos procuram misturas e produtos duvidosos na internet e acabam por prejudicar os dentes de maneira até irreversível.

Para se ter um sorriso bonito, não tem mágica: é preciso cuidar dos dentes desde cedo, e fazer visitas periódicas ao seu dentista de confiança para que ele esteja sempre atento a qualquer problema existente”, destaca.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse