Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

Timidez ou ansiedade social? Saiba identificar o transtorno

A ansiedade social impede o indivíduo de vivenciar situações sociais comuns por conta de medo, vergonha e nervosismo

Timidez ou ansiedade social? Saiba identificar o transtorno
Timidez ou ansiedade social? Saiba identificar o transtorno - Foto: Shutterstock

A ansiedade é uma sensação comum inerente ao ser humano. No entanto, quando ela passa a limitar a qualidade de vida e trazer prejuízos para o dia a dia, se torna uma patologia. Esta é uma condição, aliás, multifacetada. Isso porque o transtorno se apresenta de diferentes formas, como é o caso da ansiedade social.

O que é ansiedade social

De acordo com o psiquiatra Diogo Batista Gomes, da clínica do Renascer, a ansiedade social ocorre quando sintomas ansiosos (como ataque de pânico) são manifestados diante de situações sociais comuns, como lugares cheios, apresentações, convívio entre pares ou conversas pequenas.

Nesse sentido, é importante não confundir ansiedade social com timidez, alerta a psicanalista Mariana Frota, também da clínica do Renascer.

“A timidez geralmente tem algo ligado ao que não nos é familiar, que depois de uma certa exposição e insistência pode melhorar. Mas quando falamos de ansiedade social, não teríamos o fator familiar, seria um sofrimento independente porque vem junto de muito medo, preocupações, expectativas e questionamentos que vão além de se sentir mais à vontade em algum espaço”, explica. 

Sintomas

Segundo os especialistas, a ansiedade social pode causar sintomas como:

  • Falta de ar e/ou aumento da frequência respiratória;
  • Batimentos acelerados;
  • Tontura;
  • Suor em extremidades;
  • Tremores;
  • Nervosismo;
  • Tensão muscular;
  • Voz trêmula;
  • Náuseas;
  • Cor alterada do corpo, como um rosto muito vermelho. 

“Uma pessoa com ansiedade social se limita de uma forma muito radical às suas relações e conexões sociais. Logo isso a impede de estar em lugares e criar conexões que possam ser fundamentais para sua vida, a exemplo de um momento com a família fora de casa ou até poder trabalhar”, afirma Mariana.

Segundo ela, é necessário uma avaliação por um especialista para diferenciar uma ansiedade dentro da normalidade (como um frio na barriga ao fazer uma apresentação), para um um transtorno de ansiedade social ( em que a pessoa deixa de fazer atividades pelo medo de ser julgada).

Tratamento

Conforme o psiquiatra Diogo, o tratamento para ansiedade social envolve tanto medicações psiquiátricas como técnicas psicoterápicas específicas para essa condição. Além disso, a psicanalista recomenda terapia. “No tratamento terapêutico pelo dispositivo da psicanálise o paciente, através da fala, irá aprender a reconhecer aquilo que angústia e provoca essa ansiedade”, afirma a profissional.

“Trata-se de um transtorno e não uma sentença de vida. Não é porque o indivíduo está passando por essa estrutura de ansiedade que ele será assim pra sempre. Com o devido acolhimento e tratamento é possível sair dessa ansiedade social e ter uma vida com mais conexões e exposição social”, finaliza a psicanalista.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Ricas em vitaminas e proteínas, as sementes de cânhamo são consideradas um superalimento graças aos impactos positivos no organismo

Sem categoria

Diversos fatores podem levar ao surgimento da dermatite seborreica, como a má higienização, uso de alguns produtos e até mesmo o frio

Doenças

As hepatites virais (principalmente B e C) causam cerca de 375 milhões de casos pelo globo, e podem evoluir para formas graves

Beleza

O “banho premium plus” é mais uma tendência de autocuidado que viralizou nas redes sociais. Veja quais são as recomendações de especialistas