Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Toda pessoa com catarata precisa de cirurgia? Entenda

Mais de 65 milhões de pessoas possuem catarata em todo o mundo, a maioria idosos, e a única forma de tratar a condição é através de uma cirurgia

Toda pessoa com catarata precisa de cirurgia?
Toda pessoa com catarata precisa de cirurgia? - Foto: Shutterstock

A catarata atinge cerca de 65,2 milhões de pessoas no mundo, indicam dados de 2019 do primeiro e mais recente relatório global sobre saúde da visão feito pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Os sintomas incluem visão nublada, sensibilidade à luz e visão noturna mais fraca.

A doença acomete principalmente idosos. Por isso, a idade é um dos principais fatores de risco. No entanto, existem casos de catarata congênita ou ainda provocada por fatores como exposição solar excessiva sem óculos apropriados.

De acordo com o Ministério da Saúde, há diferentes tipos de catarata:

  • Senil: é o tipo de catarata mais comum e tem relação com o envelhecimento. Geralmente ocorre após os 60 anos.
  • Congênita: a criança geralmente já nasce com catarata. Ocorre por doenças da mulher (como a rubéola e a toxoplasmose) durante a gravidez. Frequentemente acompanha outras alterações.
  • Traumática: ocorre após acidentes com o olho e geralmente é unilateral. O trauma, mesmo sem perfuração do olho, pode provocar a opacificação do cristalino.
  • Do diabético: Inicia-se geralmente em idade mais precoce e com perda visual mais rápida que na senil.
  • Secundária a medicamentos: principalmente os corticóides, quando usados por longos períodos.

Tratamento

O tratamento da catarata consiste em uma cirurgia que retira o cristalino opaco e introduz, no lugar, uma lente intra-ocular que devolve a visão normal ao paciente. De acordo com Pedro Lima, oftalmologista do CBV-Hospital de Olhos, o paciente recebe alta no mesmo dia, e já apresenta melhora da visão imediatamente após a cirurgia.

“A troca da lente natural por uma artificial favorece a entrada de luz no olho e, com isso, a recuperação visual. Além da melhora visual pode-se também buscar uma independência total ou parcial dos óculos/lentes de contato”, explica o médico.

O especialista destaca que nem todo caso de catarata tem indicação de cirurgia. Mas, a partir do momento que a doença passa a comprometer a visão do paciente, pode ser feita a cirurgia, mesmo em crianças e adolescentes. 

“Hoje é seguro realizar uma antecipação da cirurgia de catarata em pacientes com cristalino transparente, a partir dos 55 anos com a finalidade da independência dos óculos. O momento oportuno da cirurgia é definido pelo médico oftalmologista durante a consulta”, diz Pedro.

“A cirurgia de catarata hoje é um procedimento bastante seguro e eficaz, sendo um ato natural do processo de envelhecimento, que quase todos nós iremos passar”, finaliza o oftalmologista.

Advertisement

Você também vai gostar

Saúde Mental

Professor de yoga ensina 5 exercicios eficazes no combate dos sintomas de ansiedade, bem como de outros problemas de saúde mental

Notícias

Especialista destaca a importância e detalha como é feito o check-up auditivo, quais exames inclui e quando fazer

Fitness

Sexóloga aponta 6 impactos positivos da prática regular de atividade física na saúde e no bem-estar sexual feminino

Beleza

Tanto a pele quanto as unhas exigem cuidados redobrados durante o inverno. Especialista dá dicas de como manter o autocuidado diário