Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Benefícios do ovo cozido: modo de preparo pode impactar o consumo

Alimento é extremamente versátil, acessível e saudável. Saiba como incluir ele na alimentação

Benefícios do ovo cozido
Benefícios do ovo cozido - Foto: Shutterstock

Saber os benefícios do ovo cozido é fundamental para conseguir aproveitar as vantagens do seu consumo da melhor maneira possível. Afinal, por sua versatilidade, torna-se possível ingeri-lo frito, mexido ou em diversas receitas deliciosas.

Benefícios do ovo cozido

Mas, engana-se quem pensa que o ovo sofre grandes alterações nutricionais de acordo com o seu modo de preparo. O que muda, na verdade, são os ingredientes adicionados. Por exemplo: ao preparar uma omelete, ou um bolo, vários outros alimentos vão compor a receita e isso mudará drasticamente o seu valor nutricional.

Dessa maneira, quando preparamos um ovo mexido ou frito, também costuma ser necessário adicionar algum tipo de óleo, para que ele não grude na frigideira. O que não acontece quando o cozinhamos. Ou seja, o principal benefício do ovo cozido – em relação a outras formas de preparo – é a ausência de gorduras adicionais.

Outras vantagens de consumir ovos

Mas, independente da forma de preparo, o alimento também oferece uma série de outras vantagens para o organismo humano. Alguns benefícios do ovo são, relativamente, óbvios. Afinal, o alimento é uma das fontes de proteína mais baratas do mercado, além de ser muito versátil. Mas, segundo um estudo publicado pela revista Lipids, o consumo de um a três ovos por dia, durante quatro semanas pode ser associado com um aumento significativo dos níveis de HDL (colesterol do bem) e redução dos níveis de LDL (colesterol ruim) também.

No entanto, não é porque os benefícios do ovo são inúmeros que você pode exagerar. O equilíbrio é essencial. A nutricionista Maria Alves Garcia Barbi, diz que o ovo é uma excelente fonte de nutrientes, que envolvem proteína de alto valor biológico (ou seja, que fornece todos os aminoácidos essenciais), vitaminas (riboflavina, vitamina E, vitamina B6, vitamina A, ácido fólico, colina, vitamina K, vitamina D e vitamina B12), minerais (zinco, cálcio, selênio, fósforo e ferro), ômega 3 e compostos ativos (luteína e zeaxantina).

Além disso, os benefícios do ovo são importantes para o bom funcionamento do organismo. De acordo com a especialista, ele auxilia no desenvolvimento neurocognitivo, tem ação antioxidante e proteção visual (podendo reduzir os riscos de doenças oftalmológicas, como degeneração macular e catarata).

Os ovos auxiliam no  aumento da massa muscular, melhora do funcionamento do sistema imunológico e diminuição da absorção do colesterol no intestino. O ovo é rico em Ômega (encontrado na gema) e Albubina (clara), por isso o ideal é consumi-lo juntos.  Ele é rico em aminoácidos responsáveis pelo crescimento e estrutura muscular. Mas, lembrando que o equilíbrio é o segredo de uma vida saudável.

Possíveis contraindicações

“A contraindicação do ovo se dá em casos de intolerância ou alergia individual. Entretanto, para se obter seus efeitos benéficos, é importante considerar a técnica dietética aplicada durante seu processamento”, explica a nutricionista.

Ovo é rico em proteína, o que lhe permite ser um alimento substituto de outros alimentos com proteína de alto valor biológico (como carnes vermelhas e frangos). “Duas porções de ovos representam cerca de 20% das recomendações (RDA) das necessidades diárias de proteínas”, finaliza Maria.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa