Connect with us

O que você está procurando?

Saúde Mental

Bruno Gaga desiste do BBB: entenda os efeitos da ansiedade

Bruno apertou o botão e desistiu do Big Brother Brasil. Ainda nesta semana, o brother enfrentou uma crise de ansiedade

Bruno Gaga desiste do BBB: entenda os efeitos da ansiedade
Bruno Gaga desiste do BBB: entenda os efeitos da ansiedade - Foto: Reprodução Instagram (@brunornogueira)

Na tarde desta sexta-feira (17), Bruno Gaga apertou o botão da desistência e abriu mão da sua vaga no Big Brother Brasil. O alagoano voltou do último paredão após Paula ser eliminada, ainda assim ele enfrentava problemas com sua saúde mental. Horas antes de saber o resultado daquela eliminação, o brother teve uma forte crise de ansiedade, e precisou ser acolhido pelos colegas de jogo.

Logo após apertar o botão, os brothers correram para questionar Bruno o que aconteceu, além de tentar consolá-lo. Ele afirmou que estava se sentindo perdido dentro do jogo, e que estava muito mal. Ao ter a crise de ansiedade, Gaga demonstrou já estar preocupada de maneira excessiva com alguma coisa. Isso porque a crise ocorre quando a pessoa já está ansiosa, explica o psiquiatra, psicoterapeuta e professor, Dr. Saulo Ciasca.

“Por exemplo, se ela tem que fazer uma prova, tem que desempenhar um trabalho novo, ou concluir um trabalho mais difícil na faculdade. Ela vai ficando ansiosa até chegar em um ponto tão intenso que ela pode ter uma crise de ansiedade, que é o que chamamos de intensificação da ansiedade”, afirma. Estresse e sobrecarga de responsabilidades pode resultar nesse turbilhão de ansiedade, além de fatores biológicos – como insônia ou mudanças alimentares.

Como lidar com os efeitos da ansiedade

O psicoterapeuta afirma que a ansiedade é absolutamente normal ao ser humano. “Sentimos ansiedade porque nos preocupamos com o futuro. É uma forma da gente se preparar para os desafios do futuro, e se organizar para ele. Além disso, a gente se motiva quando sente um pouco de ansiedade”, esclarece. No entanto, uma ansiedade patológica, considerada exagerada, acarreta muitos prejuízos no desempenho e bem-estar do paciente. Por isso, é preciso contar com ajuda profissional o quanto antes.

“É sempre importante pensar que temos que ter uma vida equilibrada. Ou seja, tem que se organizar e tentar reduzir todos os fatores de estresse”, aconselha o psiquiatra. Saulo dá algumas dicas para reduzir os efeitos da ansiedade:

  • Durma bem;
  • Pratique atividade física;
  • Tenha uma alimentação equilibrada, com menos gorduras e carboidratos;
  • Faça meditação.

“Exercícios de meditação mindfulness ajudam muito a se centrar e a estar mais no aqui e agora. Pois a ansiedade faz com que a pessoa fique extremamente preocupada com o futuro e perca a capacidade de viver o presente. Meditar, por outro lado, ajuda muito as pessoas a ficarem mais no presente”, afirma Saulo.

Vale destacar que quem presencia alguém em crise de ansiedade pode ajudar a aliviar o quadro. Em primeiro lugar, é importante não julgar, e imediatamente tirar a pessoa da situação causadora do transtorno. Exercícios de respiração também ajudam, mas é essencial nunca deixar a pessoa hiperventilar, pois respirar muito rápido pode aumentar o desconforto.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa