Connect with us

O que você está procurando?

Dor

Dor na canela: conheça os sintomas e tratamento da canelite

A canelite pode ser consequência da prática de esportes ou de uma musculatura fraca. Saiba identificar e tratar o problema

Dor na canela: conheça os sintomas e tratamento da canelite
Dor na canela: conheça os sintomas e tratamento da canelite - Foto: Shutterstock

A prática de atividade física é imprescindível para manter a saúde. Porém, ela pode se tornar um verdadeiro problema quando começam a surgir dores e lesões, como a canelite.

Muito comum em corredores, dançarinos e outros atletas, a canelite geralmente atinge indivíduos praticantes de atividades que envolvem corrida repetitiva ou impacto nos membros inferiores, explica o médico ortopedista especialista em medicina do esporte, Dr. Wander Ama.

Além disso, fatores como músculos da perna fracos, desalinhamento biomecânico, calçados inadequados e aumento repentino na intensidade ou duração da atividade física podem contribuir para o desenvolvimento da canelite.

Sintomas da canelite

Também conhecida como síndrome do estresse tibial medial, a canelite é uma condição comum. O quadro causa dor ao longo da borda interna da tíbia (osso da canela) devido à inflamação dos tecidos moles ao redor do osso. Trata-se de uma dor que ecoa a cada passo dado. Felizmente, é possível tratá-la e até mesmo evitá-la.

De acordo com o médico, os sintomas típicos da canelite incluem dor e sensibilidade na canela, especialmente durante a atividade física. “A dor pode ser leve no início, mas pode se tornar mais intensa com o tempo e interferir nas atividades diárias”, destaca Wander. 

Tratamento

O tratamento da canelite geralmente envolve repouso, aplicação de gelo e uso de anti-inflamatórios não esteróides para reduzir a dor e a inflamação

Além disso, são recomendadas adaptações no treinamento esportivo, fisioterapia para fortalecimento muscular e alongamento e o uso de palmilhas ou calçados adequados. Em casos mais graves, pode ser necessária imobilização temporária.

“É importante consultar um médico ou fisioterapeuta para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento individualizado para a canelite”, ressalta o ortopedista.

Prevenindo o problema

Para evitar o surgimento da canelite, o médico também enfatiza a necessidade de uma recuperação adequada entre os treinos. Isto inclui descanso suficiente, nutrição balanceada e hidratação adequada como forma de evitar lesões. 

Wander sugere ainda que os corredores realizem avaliações periódicas com profissionais de saúde para monitorar seu progresso e adaptar o treinamento conforme necessário. Desta forma, é possível não apenas melhorar o desempenho, mas também minimizar o risco de lesões, garantindo uma prática esportiva segura e sustentável, explica.

“O acompanhamento médico regular, aliado a um programa de treinamento bem estruturado e o uso de equipamentos adequados, são fundamentais para prevenir lesões como a canelite”, conclui o Dr. Wander Ama.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar