Connect with us

O que você está procurando?

Dor

Dor no pé? Entenda qual pode ser o motivo

A dor no pé pode ser bastante limitante e surgir de repente. Ortopedista explica quais fatores podem levar ao desconforto

Dor no pé? Entenda qual pode ser o motiv
Dor no pé? Entenda qual pode ser o motivo - Foto: Shutterstock

Quantas vezes nos encontramos lutando contra dores nos pés e calcanhares, buscando incessantemente alívio para um problema tão comum? Seja após um longo dia de trabalho, uma caminhada extenuante ou mesmo ao acordar de manhã, essas dores se tornam uma verdadeira fonte de desconforto e limitações no dia a dia.

A principal causa por trás dessas dores muitas vezes está em uma combinação de fatores. A biomecânica defeituosa é uma das principais razões, explica o Dr. João Henrique Ali Timo, médico ortopedista e traumatologista do Hospital e Clínica São Gonçalo ( HCSG ). 

Isso porque o modo como pisamos, a distribuição do peso corporal e a estrutura dos nossos pés podem contribuir significativamente para o surgimento de desconfortos e dores. 

A falta de suporte adequado nos calçados também desempenha um papel crucial, sobrecarregando certas áreas e levando a desequilíbrios musculares, assim como uso de calçados apertados na região anterior.

Além disso, condições médicas como fascite plantar e tendinite podem se manifestar como dores agudas nos calcanhares, exigindo atenção especializada para tratamento e manejo eficaz. Ainda convivemos com situações crônicas, como o tão famoso e limitante joanete.

O ortopedista apontou algumas das principais causas de dores nos pés e calcanhares. Confira:

As principais causas de dor no pé

Fascite plantar: A fascite plantar é uma das causas mais comuns de dor no calcanhar. Essa condição ocorre quando a fáscia plantar, uma faixa espessa de tecido que conecta o osso dos calcanhares aos dedos, fica inflamada por lesões repetitivas, excesso de peso, má biomecânica do pé ou uso inadequado de calçados.

Tendinite dos fibulares. Outra causa bastante frequente de dor e “inchaço” na região lateral (externa) do tornozelo. Pode surgir após a torção do tornozelo.

Tendinite do Aquiles. Muito comum, referindo dor na região posterior do calcanhar, associada a um abaulamento ósseo, dificultando o uso de calçados fechados.

Sobrecarga e uso incorreto de calçados. Ficar em pé por longos períodos, caminhar em superfícies duras ou usar calçados inadequados pode sobrecarregar os pés e causar dores nos calcanhares. Além disso, sapatos sem suporte adequado, muito apertados ou desgastados podem levar a uma série de problemas, incluindo calos, bolhas e dores crônicas.

Lesões e traumas. Lesões agudas, como entorses, fraturas ou contusões nos pés e tornozelos, podem causar dor intensa e limitar a mobilidade. O impacto repentino ou o estresse excessivo sobre os pés durante atividades esportivas ou acidentes podem resultar em lesões que requerem tratamento adequado para uma recuperação completa. Elas podem gerar sequelas como instabilidade crônica e artrose precoce da articulação do tornozelo.

Condições médicas subjacentes. Certas condições médicas, como artrite, diabetes, neuropatia periférica e problemas circulatórios, podem causar dores nos pés e calcanhares como sintomas secundários.

Sobrecarga e excesso de peso. A sobrecarga nos pés, resultado de longos períodos em pé, caminhadas extensas ou excesso de peso corporal, também é uma causa significativa de dores nos pés e calcanhares. O aumento da pressão sobre as estruturas dos pés pode levar a várias condições dolorosas, exigindo atenção e, muitas vezes, mudanças no estilo de vida.

Prevenção

Concluindo, as dores nos pés e calcanhares podem surgir de uma variedade de causas, desde lesões agudas até condições crônicas subjacentes. “Identificar a causa subjacente é fundamental para direcionar o tratamento adequado e restaurar o conforto e a funcionalidade dos pés. Além disso, cuidar bem desses membros componentes é investir em nossa capacidade de nos movimentarmos com liberdade e prazer da vida ao máximo”, destaca João Henrique.

Para prevenir e aliviar essas dores, é fundamental adotar uma abordagem holística. O médico aponta as principais condutas que ajudam a combater a dor no pé:

  • Uso de calçados adequados, com suporte adequado e amortecimento, o que é essencial para reduzir o impacto nas articulações;
  • Fortalecimento dos músculos dos pés e tornozelos, por meio de exercícios específicos, o que pode ajudar a melhorar a estabilidade e prevenir lesões;
  • Técnicas de alongamento e massagem, que podem proporcionar alívio imediato, diminuindo a tensão muscular e promovendo a circulação sanguínea.

No entanto, é importante ressaltar que a persistência das dores nos pés e calcanhares deve ser sempre avaliada por um profissional de saúde qualificado. “Através de um diagnóstico preciso e um plano de tratamento individualizado é possível recuperar o conforto e a mobilidade perdida, permitindo-nos caminhar com passos firmes em direção ao bem-estar pleno”, diz o médico.

Caso das crianças

No caso das crianças, a dor no pé pode ser preocupante para os pais, mas é importante abordar a situação com calma e atenção. Conforme o ortopedista, existem várias causas possíveis para dor no pé em crianças, desde lesões comuns até condições mais graves. 

O pé plano (pé chato) ou pé cavo podem ser considerados umas das principais causas, que levam os pais a procurar atendimento especializado. “Anormalidades na estrutura do pé, como pé chato (quando a curvatura do pé é reduzida) ou pé cavo (quando a curvatura é aumentada), podem causar dor e desconforto. O uso de palmilhas ortopédicas pode ajudar a diminuir e estabilizar as dores. Porém, não corrige as deformidades”, diz João.

“Se uma criança está reclamando de dor no pé, é importante observar os sintomas e, se a dor persistir ou piorar, consulte um médico especialista, nesse caso um ortopedista. O profissional poderá avaliar a criança, fazer um diagnóstico preciso e recomendar o tratamento adequado para aliviar a dor e prevenir futuras complicações”, reforça.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar