Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Dor

Encurtamento muscular: 4 exercícios simples para fazer em casa

O encurtamento muscular pode causar a sensação de músculos mais curtos e tenso, o que gera dor e desconforto

Encurtamento muscular: 4 exercícios simples para fazer em casa
Encurtamento muscular: 4 exercícios simples para fazer em casa - Foto: Shutterstock

Você provavelmente já sentiu rigidez muscular. Ou então percebeu que seus movimentos não estão tão soltos como antes. Saiba que isso pode ser um sinal de encurtamento muscular, condição incômoda, mas que pode ser tratada com alguns exercícios simples feitos em casa ou com a ajuda de um fisioterapeuta.

O que é o encurtamento muscular?

O encurtamento muscular é um problema comum que ocorre quando nossos músculos se tornam mais curtos e tensos do que o normal. Pode ser causado por diversos fatores, como o sedentarismo, posturas inadequadas, falta de alongamento e até mesmo o estresse do dia a dia, por exemplo. No entanto, há maneiras eficazes de tratá-lo e prevenir desconfortos futuros.

“O encurtamento muscular pode levar a dores e limitações de movimento, afetando diretamente nossa qualidade de vida. Por isso, é essencial agir de forma preventiva e corretiva, para evitar complicações mais graves no futuro”, afirma o fisioterapeuta e diretor clínico do ITC Vertebral e do Instituto Trata, unidade de Guarulhos (SP), Bernardo Sampaio.

Para combater esse problema, existem alguns exercícios simples e poderosos que podem ser feitos dentro de casa mesmo, como ensina o especialista. Confira:

1. Alongamento de panturrilhas

Em pé, coloque um pé à frente do outro. Em seguida, mantenha a perna de trás esticada e a da frente levemente flexionada. Incline o corpo para frente, apoiando-se em uma parede ou em algum móvel, mantendo calcanhar no chão. Sinta o alongamento na parte de trás da perna. Então, repita do outro lado.

2. Flexão de quadril

Deite-se de costas com as pernas estendidas. Em seguida, flexione uma perna, trazendo o joelho em direção ao peito. Segure a posição por alguns segundos. Então, volte à posição inicial e repita com a outra perna.

3. Alongamento de ombros e peitoral

Fique em pé, com os pés afastados na largura dos ombros. Entrelace as mãos atrás das costas, esticando os braços. Em seguida, eleve suavemente os braços esticados até sentir o peitoral se alongando. Mantenha por alguns segundos e solte.

4. Alongamento de isquiotibiais

Sente-se no chão com as pernas estendidas à frente. Incline o tronco para frente, tentando tocar os pés com as mãos. Mantenha a posição por alguns segundos e retorne à posição inicial.

Lembre-se de realizar cada exercício com suavidade, respeitando seus limites. “A constância é fundamental. Praticar alongamentos diariamente ajuda a relaxar os músculos, melhorar a circulação sanguínea e aumentar a flexibilidade ao longo do tempo”, finaliza o fisioterapeuta.

Advertisement

Você também vai gostar

Dor

Ortopedista especialista em joelho e quadril explica como o ácido hialurônico pode atuar em quadros iniciais de desgaste das articulações

Saúde Mental

Mesmo em um mundo conectado, há cada vez mais pessoas solitárias. Veja como combater os efeitos da solidão

Alimentação

A alimentação tem relação direta com a saúde, especialmente no combate ao câncer. Conheça 5 alimentos para evitar a doença

Câncer

A colonoscopia é o principal exame para diagnosticar o câncer de intestino, e é recomendada mesmo na ausência de sintomas