Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Endocrinologista dá dicas para substituir o açúcar refinado

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Endocrinologista dá dicas para substituir o açúcar refinado
Endocrinologista dá dicas para substituir o açúcar refinado - Foto: Shutterstock

Seja para diminuir os números na balança ou simplesmente para adotar um estilo de vida mais saudável, muitas pessoas têm buscado diminuir o consumo de açúcar refinado. Afinal, o produto aumenta o ganho de gordura corporal e o risco de desenvolver doenças crônicas, como diabetes.

No entanto, vale destacar que abandonar o produto não significa ter uma dieta menos saborosa. “Optar por uma alimentação saudável não precisa significar renunciar ao prazer doce, ao contrário, trata-se de escolher fontes mais naturais de açúcar”, destaca a médica endocrinologista Dra. Gisele Lorenzoni, especialista em Medicina Esportiva e Nutrologia.

Ela lembra que escolher uma alimentação saudável sem açúcares adicionados, em especial o branco, não é uma privação. Isso porque, ao explorar a doçura natural das frutas e alternativas ao açúcar branco em nossas sobremesas, não estamos apenas investindo em nossa saúde, mas também descobrindo um mundo de sabores autênticos e esmagadores.

Como substituir o açúcar no dia a dia

Segundo ela, os sucos de frutas sem adição de qualquer doce são um exemplo positivo. “Ao ingerir uma fruta em sua forma líquida, aproveitamos os benefícios nutricionais sem os picos de glicose associados aos sucos industrializados. Essa escolha inteligente não só preserva as vitaminas e fibras das frutas, mas também contribui para a hidratação diária”, explica.

Além disso, ao substituir o açúcar refinado por alternativas mais saudáveis em nossas sobremesas estamos transformando nossas experiências culinárias. Opções como mel, xilitol ou tâmaras não apenas conferem doçura, mas também trazem benefícios nutricionais adicionais. 

“Essa mudança simples pode ter um impacto significativo em nossa saúde a longo prazo, ajudando a controlar os níveis de açúcar no sangue e a reduzir o risco de diversas condições de saúde”, informou a médica especializada em Nutrologia, Gisele Lorenzoni.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Tomar a vacina e evitar mudanças bruscas de temperaturas estão entre as medidas essenciais para evitar doenças do outono e inverno

Doenças

Alto número de casos de dengue no Brasil assusta a pais e responsáveis por crianças e recém-nascidos, que são mais suscetíveis à doença

Doenças

Nem só de espirros é feita a alergia a ácaros. Conheça outros sinais do problema e como combatê-lo diretamente na raiz

Doenças

A cantora Halsey deu a entender em postagem no Instagram que está enfrentando lúpus. Conheça os sintomas da condição que não tem cura