Connect with us

O que você está procurando?

Insônia

Insônia: dormir mal pode estar te engordando! Entenda o motivo

Médico nutrólogo explica os impactos que as noites mal dormidas têm sobre a saúde e o ganho de peso. Saiba como se livrar da insônia

Insônia: dormir mal pode estar te engordando! Entenda o motivo
Insônia: dormir mal pode estar te engordando! Entenda o motivo - Foto: Shutterstock

Se você está ganhando peso aparentemente sem motivo, a causa pode estar na insônia. Isso porque há diversas associações epidemiológicas entre as noites mal dormidas e a obesidade. 

Várias pesquisas mostram que as pessoas que não conseguem dormir o suficiente tendem a se tornar obesas, pois o sono curto aumenta o nível de grelina (hormônio que aumenta a fome) e reduz a de leptina (hormônio que desacelera o apetite). Isso pode causar um aumento do consumo calórico e, consequentemente, a obesidade.

Não é segredo que o sono é importante para a saúde. Mas, recentemente, pesquisadores descobriram que a duração do tempo de sono pode estar diretamente ligada ao aumento do índice da massa corporal (IMC). Em outras palavras, quanto mais curto for o tempo de sono, maior será o risco de ganhar peso. Então, se você quer manter um peso saudável, é importante se livrar da insônia. Certifique-se de dormir pelo menos 7-8 horas por noite.

O médico nutrólogo Dr. Ronan Araujo esclarece que dormir pouco prejudica a queima de gordura. Mas a privação de sono também pode desregular os níveis de açúcar no sangue e levar o corpo a produzir menos leptina e mais grelina. Isso significa que quem não dorme o suficiente tende a sentir mais fome e ter vontade de comer alimentos calóricos e pouco saudáveis. Além disso, o cansaço crônico resultante da insônia também pode afetar o humor e a produtividade, impactando negativamente a qualidade de vida.

Como dormir melhor

“No entanto, para garantir que o sono influencie positivamente no processo de emagrecimento, é importante que a pessoa tenha bons hábitos alimentares e pratique atividade física de forma regular. Dormir bem e ter um bom descanso noturno são fundamentais para manter o metabolismo funcionando adequadamente, o que auxilia diretamente na perda de peso”, explica o médico.

Além disso, é importante evitar o consumo excessivo de cafeína e outras substâncias estimulantes, pois isso pode prejudicar o sono e causar alterações no ritmo do metabolismo, completa o Dr. Ronan.

A alteração dos níveis da leptina e da leptina é considerada um importante mecanismo capaz de alterar o padrão da ingestão alimentar e levar a desajustes nutricionais. A ritmicidade e o sincronismo no fluxo desses hormônios são importantes para o padrão diário das refeições.

Entenda melhor como funciona a grelina e a leptina

Grelina

A grelina é um peptídeo composto por 28 aminoácidos produzidos principalmente pelas células endócrinas do estômago, duodeno e em uma série de estruturas cerebrais. “Esse hormônio aumenta nos períodos de jejum, desencadeando a sensação de fome no núcleo arqueado, estimulando a motilidade gastrointestinal e promovendo a deposição de gordura”, afirma o Dr. Ronan.

Leptina

A ação da leptina no sistema nervoso central (hipotálamo), promove a redução da ingestão alimentar e o aumento do gasto energético. Além disso, ela regula a função neuroendócrina e o metabolismo da glicose e de gorduras, explica o nutrólogo.

Mais alguns dos problemas agravados pela insônia

  • Maior risco de problemas no coração;
  • O cansaço aumenta a dificuldade de se concentrar e tomar decisões;
  • Sensibilidade e irritabilidade frequente;
  • Grande queda na imunidade;
  • Falta de coordenação motora;
  • Recuperação mais lenta;
  • Depressão e ansiedade.

“Perder mais de duas horas de sono por noite durante períodos prolongados, é considerado um problema crônico. Isto pode afetar a produtividade no trabalho, relações interpessoais e até a saúde física”, adverte o especialista.

Portanto, é importante buscar ajuda profissional para auxiliar no enfrentamento desse problema. “Dormir é fundamental para o bom funcionamento do organismo, e quando isto não acontece, o corpo sofre consequências. Por isso, é importante tomar medidas para melhorar o hábito de dormir, como estabelecer uma rotina diária de hábitos que influenciam positivamente para noites melhores de sono”, finaliza o médico nutrólogo.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse