Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Junho Verde: detecção precoce é fundamental para tratar escoliose

A escoliose atinge até 4% da população mundial, especialmente adolescentes meninas. O diagnóstico rápido é fundamental para impedir avanço da condição

Junho Verde: detecção precoce é fundamental para tratar escoliose
Junho Verde: detecção precoce é fundamental para tratar escoliose - Foto: Shutterstock

Cerca de 2% a 4% da população mundial tem escoliose, indicam números da Organização Mundial da Saúde. O Junho Verde marca o mês de conscientização da condição, que é mais frequente em adolescentes do sexo feminino. Além disso, ela atinge 6 milhões de pessoas somente no Brasil.

A escoliose se caracteriza por um desvio lateral da coluna vertebral, resultando em uma curvatura anormal que pode afetar a postura e, em casos mais graves, comprimir o pulmão. De acordo com o Dr. Luciano Miller, médico cirurgião de coluna do Hospital Albert Einstein e professor livre docente pela UNIFESP, a condição pode ser causada por uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

“Embora a maioria dos casos de escoliose seja idiopática, ou seja, sem uma causa específica conhecida, existem também casos em que a condição está relacionada a problemas neuromusculares, má postura, lesões traumáticas e doenças congênitas”, explica Luciano.

Tratamento da escoliose

Pesquisas recentes indicam que o diagnóstico precoce desempenha um papel fundamental no tratamento eficaz da escoliose. No entanto, em casos mais avançados, a intervenção cirúrgica pode ser necessária para corrigir a curvatura da coluna vertebral.

Felizmente, a medicina está alcançando avanços significativos no campo do tratamento da escoliose. Terapias não invasivas têm mostrado resultados promissores na correção e estabilização da curvatura da coluna em pacientes jovens. Além disso, novas técnicas cirúrgicas estão surgindo, permitindo uma recuperação mais rápida e menos desconforto para os pacientes.

O médico cirurgião da coluna ressalta a importância de iniciativas como o Junho Verde para aumentar a conscientização sobre a escoliose e promover a detecção precoce da condição. “É fundamental educar a população sobre os sinais e sintomas da escoliose, incentivando o diagnóstico precoce e o acesso ao tratamento adequado”, enfatiza.

É importante ressaltar ainda que a escoliose não é apenas um desvio físico. Isso porque ela é uma condição que pode afetar significativamente a qualidade de vida das pessoas. Portanto, a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce, a busca por tratamentos adequados e o apoio emocional aos pacientes são fundamentais para garantir uma melhor saúde e bem-estar.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa