Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Moscas volantes: o que são os pontinhos presentes na visão?

Chamados de moscas volantes, os pontinhos que surgem na visão podem estar associados a problemas oftalmológicos graves

Moscas volantes: o que são os pontinhos presentes na visão?
Moscas volantes: o que são os pontinhos presentes na visão? - Foto: Shutterstock

Você já reparou alguns pontinhos pretos presentes na visão? Chamados de moscas volantes, esses sinais podem indicar problemas oftalmológicos. Portanto, é preciso atenção com a intensidade e frequência com que eles aparecem.

Segundo o médico oftalmologista especialista em retina Dr. Elmer Salviano, esses pontos na visão surgem devido a degeneração e envelhecimento do vítreo, que é um gel presente no interior do olho.

“Esta alteração é comum e frequente no envelhecimento do olho e na maioria dos casos não está relacionado com alguma doença que necessite tratamento. Porém, em alguns casos, pode estar associado a roturas retinianas, uveíte, sangramentos ou descolamento de retina, que são problemas graves e necessitam de atenção imediata”, alerta.

O médico adverte ainda que algumas dessas condições, como o deslocamento de retina, por exemplo, podem levar à perda da visão. “Procure um oftalmologista de sua confiança para fazer a avaliação. O diagnóstico correto e tratamento precoce sempre será o melhor para sua visão”, destaca.

No entanto, vale acrescentar que não existe tratamento específico para a melhora das moscas volantes. “O uso de alguns colírios podem ser prescritos para melhorar os sintomas, dependendo da sua origem”, aponta o especialista.

Moscas não são um corpo estranho

É importante destacar que as moscas volantes não estão associadas à presença de um corpo estranho no olho – fator que exige ainda mais atenção. 

Segundo a médica oftalmologista do Hospital de Olhos de Cuiabá, Dra. Isadora Meyer, dentre os acidentes mais comuns atendidos na instituição, estão a presença de corpo estranho (ciscos) na superfície ocular, além de traumas oculares ou perioculares, que podem lesar a superfície dos olhos ou até mesmo as estruturas intraoculares.

Ao notar a presença de um corpo estranho, a primeira conduta é lavar os olhos e a região periocular com soro fisiológico ou água limpa, seja em caso de contusões ou, principalmente, em caso de traumas com areia, líquidos ou materiais diversos na superfície dos olhos.

“Isso ajuda a remover ou diluir o produto que está em contato com a superfície dos olhos, minimizando as lesões. Em seguida, procurar atendimento oftalmológico o quanto antes, para investigar e tratar possíveis lesões”, recomenda a médica.

Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar

Medicamentos

Anfetamina prescrita para TDAH é frequentemente usada como um estimulante. Conheça os riscos do Venvanse