Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Saúde Mental

Negligenciar a ansiedade traz riscos à saúde, saiba quais

Sem o tratamento adequado, a ansiedade pode gerar outros problemas de saúde – tanto física quanto mental

Negligenciar a ansiedade traz riscos à saúde, saiba quais
Negligenciar a ansiedade traz riscos à saúde, saiba quais - Foto: Shutterstock

A ansiedade é uma resposta natural do organismo diante de situações estressantes. Porém, quando em excesso, ela pode se tornar um problema sério de saúde mental. Aliás, este é um desafio cada vez mais comum na sociedade moderna.

“Cada vez mais tenho atendido pacientes com quadros de ansiedade, muitas vezes que têm que realizar tratamentos quase vitalícios para a condição”, aponta o médico psiquiatra Dr. Flávio H. Nascimento. Segundo ele, é possível evitar este tipo de terapia com um tratamento empático e direcionado”.

Sintomas e diagnóstico de ansiedade

O psiquiatra destaca os principais sinais para identificar a ansiedade:

  • Preocupação excessiva;
  • Inquietação;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Tensão muscular;
  • Distúrbios do sono;
  • Sintomas físicos como taquicardia, sudorese e tremores, por exemplo.

A frequência e intensidade desses sintomas são importantes para distinguir entre ansiedade normal e transtorno de ansiedade, afirma o Dr. Flávio. “O diagnóstico é feito através de avaliação clínica, histórico e, em alguns casos, exames complementares. Já o tratamento segue mesmo que a condição do paciente seja um transtorno específico de ansiedade”, explica o médico.

Riscos de negligenciar a ansiedade

Se o transtorno não tiver o devido controle, podem surgir diversos riscos tanto à saúde física quanto mental. “A ansiedade não controlada pode desencadear sintomas emocionais, como depressão, irritabilidade, ataques de pânico e dificuldades em tomar decisões. Ela também pode afetar o sono, gerando insônia e fadiga crônica”, alerta o psiquiatra.

Além disso, o funcionamento profissional e social pode ser prejudicado. Isso, por sua vez, leva a problemas de desempenho no trabalho, isolamento social e dificuldades nas relações interpessoais. “Por isso, o tratamento adequado é fundamental para evitar esses riscos à saúde”, salienta o médico.

Como o tratamento pode ajudar?

O tratamento adequado da ansiedade é fundamental para a recuperação dos pacientes. “A terapia cognitivo-comportamental, por exemplo, é uma abordagem eficaz que ajuda a identificar e modificar padrões de pensamento disfuncionais e comportamentos mal adaptativos”, afirma Flávio.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Médico aponta que a acupuntura pode trazer benefícios para pacientes com artrite reumatoide, doença intestinal inflamatória e esclerose múltipla

Saúde Mental

Influenciadora recebeu diagnóstico para psicose aguda após desistir do reality show. Entenda as causas e os sintomas do transtorno

Notícias

Assim como escovar os dentes todos os dias, médico otorrino recomenda realizar a lavagem nasal diariamente

Doenças

Com aspectos bastante semelhantes, o lipedema e a celulite são frequentemente confundidos, o que atrapalha o tratamento das condições