Connect with us

O que você está procurando?

Notícias

Óculos escuros para crianças? Oftalmologista dá dicas aos pais

Oftalmopediatra alerta que não basta dar qualquer óculos escuro para a criança, pois uma série de cuidados devem ser tomados

Óculos escuros para crianças? Oftalmologista dá dicas aos pais
Óculos escuros para crianças? Oftalmologista dá dicas aos pais - Foto: Shutterstock

Durante o verão, e especialmente durante as férias escolares, as crianças ficam mais expostas ao sol. Com isso, os pais e responsáveis precisam estar atentos às formas de proteger os pequenos, o que inclui o uso de filtro solar e, muitas vezes, de óculos escuros. Mas será que toda criança pode usar o objeto?

A Dra. Giovanna Marchezine, oftalmopediatra do Hospital de Olhos de Cuiabá (HOC), aponta que o uso de óculos escuros em crianças é sempre uma questão nas visitas ao consultório. 

Segundo ela, crianças de 6 meses de idade já podem fazer uso de óculos de sol. Bebês com idade inferior a essa, por outro lado, devem ser protegidos dos raios solares com chapéus. Além disso, é preciso de evitar a exposição solar direta. 

“Para a escolha das lentes solares, as orientações e os cuidados  são os mesmos que temos nas escolhas das lentes dos adultos. Isto é: garantir que a lente tenha proteção contra os raios UVA/UVB”, destaca a médica. Isso porque esses filtros são essenciais para evitar danos aos olhos, consequência da exposição prolongada aos raios solares.

Portanto, ao escolher os óculos escuros para os pequenos, a oftalmopediatra sugere não comprar em locais não confiáveis. “Pois assim você pode adquirir um produto sem a devida proteção e expor os olhos do seu filho a risco”, adverte.

Já para aquelas crianças que já utilizaram óculos de grau, há sempre a opção de adquirir as lentes solares com grau ou lentes fotossensíveis. “A escolha deve ser feita de acordo com a rotina da criança e juntamente com o seu médico oftalmologista”, salienta a médica.

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa

Alimentação

Consumir açúcar refinado aumenta os níveis de gordura no corpo e o risco de desenvolver doenças como diabetes. Saiba como substituir o produto

Dor

15% dos brasileiros sofrem com enxaqueca, condição que pode ser tratada de diferentes formas. Veja quais terapias podem ajudar