Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Virose da mosca: saiba os sintomas e como evitar a contaminação

Os casos de virose da mosca dobraram em Fortaleza e costumam aumentar em todo o país durante o verão. Saiba os sintomas da doença

Virose da mosca: saiba os sintomas e como evitar a contaminação
Virose da mosca: saiba os sintomas e como evitar a contaminação - Foto: Shutterstock

“Virose da mosca” é o nome popular dado à Doença Diarreica Aguda — um grupo de doenças provocadas por vários microrganismos (vírus, bactérias, fungos e parasitas). Durante os períodos de bastante chuva, como o verão, a condição é mais comum, pois o excesso de água contribui para a proliferação das moscas. Elas, por sua vez, hospedam vírus e bactérias facilmente transmitidos ao ser humano por meio de alimentos e utensílios contaminados.

Em janeiro, os casos de infecção pela virose da mosca em Fortaleza dobraram em relação ao mesmo período do ano passado, ultrapassando dois mil casos, o que tem preocupado autoridades. De acordo com o Pós PhD em neurociências e biólogo, Dr. Fabiano de Abreu Agrela, o surto também pode afetar outras regiões do Brasil.

“Durante a época de chuvas, as moscas se proliferam e se dispersam de forma muito mais rápida, o que facilita o surgimento da virose também em outras regiões, até mesmo a água pode causar a contaminação”, alerta o especialista.

Virose da mosca

Ele explica que a mosca, na verdade, não é o transmissor da doença. “Ela apenas transporta os microrganismos causadores da virose para os seres humanos através do seu pouso ou por pôr ovos em determinado local, objeto ou alimento”, esclarece.

A Prefeitura de Fortaleza orientou a população sobre os sintomas de contaminação, que incluem:

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Diarreias;
  • Febre;
  • Cólicas abdominais;
  • Desidratação (nos casos mais graves).

Segundo o Dr. Fabiano, tomar alguns cuidados básicos pode ajudar a evitar a infecção. “A infecção pela virose da mosca ocorre facilmente, através do consumo de alimentos, uso de utensílios ou com outras superfícies contaminadas. Por isso, a principal forma de prevenção é evitar comer alimentos crus ou mal cozidos, lavar bem os utensílios antes de usá-los, lavar sempre as mãos e manter o lixo sempre tampado”, afirma o biólogo e neurocientista. 

Advertisement

Você também vai gostar

Doenças

Mais de 65 milhões de pessoas possuem catarata em todo o mundo, a maioria idosos, e a única forma de tratar a condição é...

Notícias

Colocado através de cirurgia, o implante coclear é indicado para pacientes com perda auditiva severa à profunda

Notícias

Compressões na coluna vertebral podem pode afetar a funcionalidade dos nervos, levando a sensação de formigamento nas mãos e nos dedos

Doenças

A sarcopenia diminui a massa muscular, a força e, com isso, a qualidade de vida de pessoas idosas - especialmente as sedentárias