Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Jejum intermitente e dieta low carb previnem doenças cardiovasculares, diz estudo

Pesquisa mostrou que pacientes com pré-diabetes tiveram redução do colesterol e do peso corporal após adotar jejum intermitente e dieta low carb

Jejum intermitente e dieta low carb previnem doenças cardiovasculares, diz estudo
Jejum intermitente e dieta low carb previnem doenças cardiovasculares, diz estudo - Foto: Shutterstock

Um estudo publicado recentemente no ABC Cardiol mostrou o papel do jejum intermitente associado à dieta low carb na prevenção de risco cardiovascular e no tratamento de pessoas com pré-diabetes. 

O trabalho acompanhou um grupo de aproximadamente 500 durante 2 anos. Eles foram separadas em dois grupos. O primeiro se submeteu a um jejum de 16 horas, de três a quatro vezes por semana, aliado a uma dieta low carb, com menos de 130 gramas de carboidratos por dia. Já no segundo, considerado grupo de controle, as pessoas puderam manter seu padrão de dieta habitual. 

O estudo apontou que, após o período, observou-se a redução do peso corpóreo, redução dos níveis de hemoglobina glicada e da glicose de jejum, redução de LDL e redução de lesão micro e macro vascular. Isso explicitou que a associação das duas dietas reduzia a evolução do pré-diabetes e complicações micro e macro vasculares.

Dentre as principais doenças identificadas estavam a retinopatia, que é a doença do fundo dos olhos, a neuropatia e a angina, que é a dor no peito. “Além de ajudar no emagrecimento, essas práticas trazem inúmeros benefícios para a saúde, como a prevenção de doenças cardiovasculares, obesidade e diabetes. Mas é importante consultar um profissional antes de iniciar qualquer mudança na dieta”, destaca o médico cardiologista Dr. Rizzieri Gomes.

Associação entre jejum intermitente e dieta low carb

O jejum intermitente vem se mostrando promissor. Porém, é ao mesmo tempo questionável, pois muitas pessoas acreditam que basta ficar um período sem comer para se ter resultados, aponta o Dr. Rizzieri. “Mas alguns trabalhos americanos apontaram que se a pessoa, no período em que pode comer, não adequar a alimentação, não obterá resultados nem de perda de peso e muito menos relacionados a melhoras clínicas”, explica o médico. 

“A associação do jejum intermitente com uma dieta low carb promove um déficit calórico. Isso resulta na redução de peso, circunferência abdominal e, consequentemente, na redução da obesidade. Além disso, diminui a gordura e melhora a resistência insulínica e dos níveis de glicose e de colesterol da pessoa. Ainda há muito por vir, acredito que os estudos tendem a evoluir, mas até agora esse é um grande resultado”, comemora.

Mas a prevenção contra doenças cardiovasculares não acaba na alimentação. O Dr. Rizzi Gomes também informa que “a atividade física é necessária para prevenção às doenças cardiovasculares e ajuda no controle do pré-diabetes. Corridas ou caminhadas, individual ou em grupo, têm efeitos muito positivos”.  

Advertisement

Você também vai gostar

Beleza

Celebridades como Jennifer Aniston, Kim Kardashian e Tatá Werneck já fizeram o tratamento facial com esperma de salmão

Medicamentos

Seja para tratar doenças ginecológicas ou combater os efeitos da menopausa, conheça as funções do implante hormonal

Dor

Sensação de pressão, chiado e dor de cabeça são sintomas que geralmente acompanham a dor de ouvido. A condição causa incômodo intenso, o que...

Alimentação

Ricas em vitaminas e proteínas, as sementes de cânhamo são consideradas um superalimento graças aos impactos positivos no organismo