Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Saúde do intestino deve ser o foco da dieta, indica estudo; entenda

Pesquisa mostra como o funcionamento do intestino impacta em todo o corpo. Saiba quais alimentos incluir na dieta

Por que a saúde do intestino deve ser foco na dieta? Estudo explica
Por que a saúde do intestino deve ser foco na dieta? Estudo explica / Foto: Shutterstock

Um estudo publicado na revista científica Science Journal of Health (CPAH), de autoria da nutricionista Monik Cabral, revelou como as dietas ou planos alimentares devem ser pensados especialmente no funcionamento do nosso intestino. Isso porque, de acordo com o texto publicado, o intestino é como um  “segundo-cérebro”. “Muitas vezes não temos noção plena da sua importância nem do papel que este desempenha no nosso bem-estar geral”, afirma a publicação.

A autora também explica que muitas pessoas desconhecem que este órgão possui mais neurônios que a espinha dorsal, age independentemente do sistema nervoso central e carrega uma complexa comunidade microbiana. Por conta disso, a função do intestino é mais do que simplesmente processar alimentos, pois ele pode auxiliar no tratamento de diversas doenças, inclusive mentais. Além disso,  ele atua de forma direta no nosso sistema imunológico.

Diante da importância do intestino para o funcionamento do nosso corpo, o artigo mostra que nossa dieta deve ter foco também em função do órgão, uma vez que, quanto mais diversificada for a dieta, mais diversificado é o microbioma. Isto, por sua vez, gera uma sensação de bem-estar geral maior.

Alimentos que melhoram o funcionamento do intestino

Algumas opções alimentares são essenciais para garantir que o intestino funcione plenamente. Segundo Cyntia Maureen, nutricionista da Superbom, empresa pioneira na produção de alimentos saudáveis, consumir alimentos ricos em fibras e beber muita água facilita o bom funcionamento desta parte do sistema digestivo.

“A falta de líquido pode tornar o percurso mais difícil, pois a água dos alimentos será absorvida para a manutenção das funções vitais. Isto, consequentemente, deixa as fezes mais secas. Além disso, as fibras têm papel importantíssimo para o bom funcionamento intestinal, pois, contribuem para a formação do bolo fecal e também alimentam as bactérias boas que facilitam o processo”, explica.

A nutricionista recomenda o consumo de:

  • Cereais integrais, como farinha, arroz integral, aveia, trigo e granola;
  • Sementes, como linhaça e chia;
  • Ameixa;
  • Maçã;
  • Mamão.
Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Dieta baseada no DNA pode prevenir doenças, melhorar o equilíbrio hormonal a disposição e, além disso, otimizar o bem-estar

Alimentação

Baixa produção de colágeno interfere na saúde das articulações. Entenda qual o impacto do açúcar nesses casos

Alimentação

O amendoim não pode faltar nos quitutes de Festa Junina, e nem na dieta de quem deseja os poderosos benefícios das leguminosas

Alimentação

Além de versátil, o gengibre é uma raiz rica em nutrientes, o que confere diversos benefícios ao organismo