Connect with us

O que você está procurando?

Alimentação

Batata frita pode desencadear ansiedade e depressão, diz estudo

Pesquisa da Universidade de São Francisco sugere que o consumo exagerado e frequente de batata frita pode causar sintomas de distúrbios mentais

Batata frita pode desencadear ansiedade e depressão, diz estudo
Batata frita pode desencadear ansiedade e depressão, diz estudo - Foto: Shutterstock

Quem não gosta de batata frita? Seja sozinha, junto de um lanche ou na refeição, ela é a queridinha dos paladares mais variados. No entanto, consumir o alimento com grande frequência pode impactar negativamente a saúde mental. É o que sugere um estudo da Universidade de São Francisco, nos Estados Unidos.

Segundo a pesquisa, realizada em 2018, comer batata frita de maneira frequente e excessiva pode desencadear sintomas de ansiedade e depressão. Para chegar a essa conclusão, os cientistas analisaram os hábitos alimentares de mais de cem mil pessoas ao longo de oito anos. 

Os resultados apontaram que indivíduos que consumiam batata frita duas vezes ou mais por semana tinham um risco 17% maior de desenvolver sintomas de depressão em comparação com aqueles que consumiam batata frita menos de uma vez por mês. Além disso, aqueles que consumiam batata frita com frequência também apresentavam um risco 8% maior de desenvolver ansiedade.

Qual a relação entre a batata frita e a saúde mental?

Os pesquisadores explicaram que alimentos ricos em gordura trans e carboidratos simples podem causar malefícios no corpo, afetando o equilíbrio de neurotransmissores importantes. É o caso da serotonina, por exemplo, diretamente relacionada ao humor e ao bem-estar. 

Por outro lado, incluir alimentos saudáveis na dieta melhora a produção de neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar, como a serotonina e a endorfina, melhorando o humor, explica a Dra. Lorena Balestra, médica pós-graduada em nutrologia e endocrinologia.

Preciso deixar de comer batata frita?

Vale destacar que esta pesquisa não deve ser vista como uma conclusão definitiva de que o consumo de batata frita está diretamente relacionado ao desenvolvimento de sintomas de ansiedade e depressão, aponta a especialista. 

“Ainda são necessárias mais pesquisas e revisões sistemáticas, incluindo metanálises, para estabelecer uma relação clara entre esse alimento e a saúde mental. Outros fatores, como a genética e o ambiente, também desempenham um papel no desenvolvimento desses problemas”, afirma Lorena. 

No entanto, é inegável que manter uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para o bem-estar geral do corpo e da mente. 

“Incluir uma variedade de alimentos nutritivos e evitar alimentos altamente processados e ricos em gorduras trans pode ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento de diversas doenças, incluindo as de ordem mental.  Além disso, outros hábitos saudáveis, como a prática regular de atividade física e a manutenção de um sono de qualidade, também contribuem para a saúde mental e física”, recomenda a médica.

Advertisement

Você também vai gostar

Emagrecer

Quem está se propondo a perder peso muitas vezes recupera o antigo número na balança. Conheça algumas dicas para emagrecer de forma definitiva

Doenças

Médica aponta que 50% das pacientes com lipedema também apresentam varizes. Veja como iniciar o tratamento das condições

Doenças

Também conhecida como hipertensão, a pressão alta atinge 32,5% da população adulta brasileira, o que representa 36 milhões de pessoas. Além disso, mais de...

Notícias

O ritmo e a frequência da pulsação fornecem informações sobre a saúde cardíaca. Aprenda a checar em casa